Literatura: Guerra dos Tronos – um jogo cruel onde o prêmio é o poder

por Fabiola Paschoal


“Quando você joga o jogo dos tronos, ou você ganha, ou você morre”

Para o tema da semana, competição, ponderei muito e decidi escrever sobre um livro que está dando o que falar: A guerra dos Tronos, de George R. R. Martin (Leya). O título faz parte da série Crônicas do Gelo e do Fogo, que desde o lançamento tem encantado fãs da literatura de fantasia. O sucesso foi tanto que o romance ganhou uma adaptação bastante fiel para a televisão: o seriado homônimo é produzido pela HBO e já foi renovado para a segunda temporada. Devido a tamanho frenesi em torno do enredo, o autor está sendo comparado a Tolkien, autor de O Senhor dos Anéis, embora as duas tramas sejam completamente distintas. De qualquer forma, é inegável que o universo que Martin criou para sua série é tão mágico e inovador quanto o da Terra Média, o que talvez justifique a comparação.

O mote da história, como o próprio título dá a entender, é a busca incessante pelo poder. Na trama, as personagens não medem esforços para alcançar seus objetivos, passando por cima dos adversários na “corrida” até o trono. Neste jogo cruel vale tudo, desde trair antigos companheiros até cometer assassinatos cruéis. A Guerra dos Tronos não é leitura para quem tem estômago fraco. Há passagens extremamente violentas e muitas referências sexuais. A dica é não se apegar a personagem nenhum, porque no decorrer da história tudo pode acontecer e nunca se sabe qual será o próximo personagem a ser morto na guerra pelo trono dos Sete Reinos.

Um fato muito interessante do livro é que as personagens vão evoluindo conforme o enredo se desenrola, de modo que o leitor se surpreende o tempo todo. Muitas personagens que eram consideradas completamente honestas acabam revelando outra face, e é impossível saber em quem confiar. Afinal de contas, não se deve esquecer que se trata de um jogo (game of thrones, no original) em que só poderá haver um vencedor, e, na luta pelo poder, as máscaras vão caindo pouco a pouco.

Além de A Guerra dos Tronos, já foram lançados no Brasil mais dois livros da série As Crônicas do Gelo e do Fogo: A Fúria dos Reis e A Tormenta de Espadas. É diversão garantida para todos os amantes do gênero.

E você, já leu algum livro desta série? Gosta de histórias de fantasia? Conta para mim nos comentários. E até a semana que vem. 😉

Anúncios

5 thoughts on “Literatura: Guerra dos Tronos – um jogo cruel onde o prêmio é o poder

  1. Passei a acompanhar a série e então soube que foi baseada nos livros, mas confesso que ainda não tive coragem pra comprar e ler.
    Mas to amando a série! E olha que nem é muito a minha praia esse universo fantasioso (ok, tirando Harry Potter XD) e nem curto Senhor dos Aneis.
    E realmente, “não se apegue a ninguém” é o melhor conselho pra quem vai ler ou assistir hahahaha

    Bjs

  2. Eu estou lendo o primeiro livro. É bem mais completo que a série. Mas também gostei muito da série e como eles fizeram para explicar pontos de vista que não existem no livro. Eu adoro fantasia, mas para quem não curte muito, acredito que esse livro tem fantasia na medida certa.

    O que mais gosto desse livro é que ele é cruel, assim como a vida. Os personagens morrem porque esse jogo dos tronos é cruel mesmo. Ele não poupa personagens, nem candidatos a heróis. Todos nós pagamos por nossos atos, sejam eles heróicos ou não.

    Ótima leitura. Comprei os 4 livros em inglês, num box bem bonito à venda na Amazon. Paguei meros $19.00!!!! Ótima dica!

    []s
    Lívia (@korudja)

  3. Pingback: Literatura: Para fugir do Carnaval |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s