Literatura: Existe vida além da praia no verão!

Quem mora em cidades litorâneas se acostuma desde cedo com o fato de que gostar de praia é quase uma obrigação. Ficar em casa com o nariz enfiado num livro parece até heresia, o negócio é sair para aproveitar o sol. E quem não curte fazer cosplay de camarão, #comofas?

A vida inteira eu morei perto de praia e, pasme, só fui “ganhar” uma marquinha de biquíni depois que me mudei para SP, mesmo assim porque tem piscina no prédio. As pessoas até se surpreendem quando descobrem que eu sou carioca, por causa do meu bronzeado-palmito, mas a questão é que eu gosto disso!  Não curto mesmo ficar estirada debaixo do solão como se não houvesse amanhã. Praia, para mim, é muito bom de se ver, gosto de andar de bicicleta ou caminhar no calçadão, e só.

E aí que as pessoas como eu ficam se sentindo um ET no verão, né? Taí o comercial do Sundown que não me deixa mentir. Não sei se eu é que sou boba, mas fico irritada quando o locutor começa a vomitar na televisão que “a vida não gira em torno da internet, a vida gira em torno do sol”. É lógico que os pobres publicitários precisam vender protetor solar, e, de mais a mais, é saudável pegar um solzinho de vez em quando e ver a cara da rua mesmo com a temperatura beirando ao 40º. Mas confesso que me incomoda esse senso comum de que tem que fazer sol para o povão ir à praia, porque senão a vida não está completa.

Já perdi as contas de quantas vezes já ouvi pessoas reclamarem no metrô/ônibus “#mimimi, vai chover no fim-de-semana, #mimimi não vai dar praia #mimimi…” Estou falando especificamente do Rio porque é o que eu conheço, mas é fato que deve acontecer em outros lugares também. E, por favor, né? A cidade tem tantas belezas naturais, tantas coisas bonitas para se ver, tantas opções de passeios, e as pessoas fazem o maior drama se o sol resolve se esconder em um sábado? Really? E nem acho que falta de grana seja desculpa, visto que há vários programas gratuitos por aí, basta pesquisar.

Pode parecer que eu sou uma chata que não gosta de se divertir, mas garanto que isso está bem longe de ser verdade (a parte do não gostar de me divertir, quanto ao “chata” eu não garanto). Apenas acho que, com o calor que está fazendo ultimamente, a minha praia é uma cama fofinha em um quarto com ar-condicionado potente, acompanhada de um bom livro!

E isso que era para ser um texto literário acabou virando uma crônica sobre maneiras alternativas de se curtir o verão. Para lembrar ao leitor de que isso ainda é um post sobre literatura, segue a lista do que estou lendo neste verão (sim, eu leio vários livros ao mesmo tempo):

Com exceção do livro de Capote, que é bem tenso, todos os outros são leituras leves, para ler no ritmo de festa verão.Clicando em cada título você vai direto para a página do livro no Skoob para ter acesso à sinopse e outras informações. E fica a dica que no final do mês rola resenha coletiva de tudo o que eu li em fevereiro lá no Cocota Nerd.

E você, curte ferver na praia no verão ou é mais adepto de programas mais frescos? Conta para mim nos comentários!

Anúncios

3 thoughts on “Literatura: Existe vida além da praia no verão!

  1. Concordo com absolutamente tudo que você disse.
    Odeio verão, odeio sentir calor e detesto praia. pelo simples motivo que é quente, cheia de areia (detesto areia grudando em mim!!!), de gente, de criança jogando areia em você, de ambulante gritando no seu ouvido… Sério, toda vez que vou – ia, pq não vou mais – a praia, voltava irritada. Abandonei essa vida. E olha que eu só ia 7h da manhã e no máximo 11h tava de volta, pq né, meu bronzeado é mais palmito que o seu hahahaha
    Na verdade eu amo o mar, preciso olhar o mar de vez em quando, mas praia, só se for deserta.
    Não aguento esse povo reclamando que “não vai dar praia”, não entendo esse prazer de torrar no sol com esse calor do Saara.
    Nasci não só no país errado – por essas e tantas outras coisas – como na zona errada. Nãs nasci pros trópicos não… hahahaha
    E me sinto diretamente atingida com esse comercial do Sundown hahahahaha

    Adorei o texto!

    Bjs

    • Vc é das minhas! AMO AMO AMO o mar, me inspira e me acalma, mas ficar lá na areia torrando eu não consigo. Fico olhando de fora mesmo…

      Que bom que gostou! Não teve muito a ver com literatura, mas eu realmente não sabia o que falar sobre verão. :/

  2. Eu sou diferente, adoro calor (quando estou vestida de acordo, lógico xD). Na verdade, gosto das duas coisas: ficar na praia sob o sol e ler dentro de casa, quietinha.

    Só não acho interessante uma combinação das duas. Ouço falar muito por aí de gente que lê na praia, viagem ou coisa do tipo. Ué, se saiu não foi pra ver o mar, conhecer o lugar? Livros, por si só, já são viagens… Acho desperdício querer uma viagem dentro de outra, rs! ;]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s