Grande diva

No cinema, é sempre bom ter um toque feminino. E certas atrizes têm um poder especial. Elas conseguem fazer com que os homens babem por elas. Ao mesmo tempo, são objetos de admiração e até de inspiração para as mulheres. Esse sentimento pode ser maior quando se trata de Marilyn Monroe.

A influência de Marilyn não está apenas nas telas. Ela é um ícone da cultura pop. Vemos isso nos quadros de Andy Warhol e no clipe de Material Girl, da Madonna. Em 2012, a diva está ainda mais presente na mídia. Este ano marca o aniversário de 50 anos de sua morte.

O Festival de Cannes dá uma prova de como a loira está com tudo. Ela será homenageada na próxima edição da mostra que ocorrerá de 16 a 27 de maio. Marilyn inclusive ilustra o pôster oficial do evento. O comunicado da organização de Cannes declarou: “Cinquenta anos depois do seu desaparecimento, Marilyn continua a ser uma das principais figuras do cinema mundial, referência eterna e decididamente contemporânea da graça, do mistério e da sedução”.

Aqui no Brasil, temos a chance de ver a exposição Quero Ser Marilyn Monroe!, que começou no último domingo, na Cinemateca de São Paulo. Até 1º de abril, o público  pode conferir fotografias e filmes como Quanto Mais Quente Melhor, O Pecado Mora ao Lado e Os Homens Preferem as Loiras. O programa tem entrada gratuita. Quem não puder passar na Cinemateca,  pode se contentar com um box lançado pela 20th Century Fox. A caixa traz 13 DVDs de longas da atriz.

Não é só a carreira de Marilyn que rende assunto. Seus relacionamentos geraram muita fofoca. Jimmy Dougherty, seu primeiro marido, não aceitava a escolha profissional dela. Por isso, eles logo se divorciaram. Foi após a separação que ela deixou de usar seu nome de batismo – Norma Jean. Já famosa, ela se casou com o jogador de beisebol Joe DiMaggio e com o dramaturgo Arthur Miller. E o capítulo mais polêmico de seu currículo amoroso corresponde sem dúvida a seu caso com o presidente norte-americano John F. Kennedy.

Com estreia prevista para 23 de março, 7 dias com Marilyn promete mostrar um pouco do que foi a vida pessoal da diva. O filme acompanha uma semana na relação entre Marilyn e Colin Clarke, assistente de direção do cineasta Laurence Olivier nas gravações de O príncipe encantado. Coube a Michelle Williams o papel da protagonista. Seu desempenho lhe rendeu uma indicação ao último Oscar de melhor atriz.  Enquanto o longa não estreia nos cinemas brasileiros, deixo vocês com o trailer. Até a próxima semana!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s