Gastronomia: Mulheres nos pratos

Já reparou que existem várias receitas com nomes femininos? Crepe Suzette, Madeleines, Carolinas, Pêra Belle Hélène, Pastel de Santa Clara… Muitas delas são de origem francesa e foram homenagens masculinas.

Madeleines ou Madalenas

Sobre a origem da receita, acredita-se que ela tenha sido “criada” por Madaleine Paumier. Ela era ajudante do confeiteiro da família real francesa. Um dia, o sogro de Luís XV foi visitá-lo e desejava comer uma sobremesa para acompanhar o café. Como o chefe de Madaleine não estava presente, a moça preparou uma receita de bolinhas aromatizadas da avó e assou-as em conchas de vieira. A alteza adorou e batizou a iguaria com o nome de Madeleine. Virou um clássico da cozinha e do lanche da tarde dos franceses. As Madeleines também estão vivas nas lembranças do escritor Marcel Proust na obra Em Busca do Tempo Perdido.

Ingredientes:

– 600g de açúcar

– 30g de trimolina (açúcar invertido)

– 60g de ovos

– 18g de fermento em pó

– 600g de farinha

– 540g de manteiga clarificada

– Raspas de limão

Modo de preparo:

Misture os ovos, o açúcar, a trimolina e reserve. Misture a farinha e o fermento, peneire e reserve. Faça um buraco no centro da mistura em pó, coloque a mistura dos ovos e mexa a partir do centro, até ficar homogêneo. Por fim, coloque a manteiga clarificada. Depois de pronta, deixe a massa descansar na geladeira por 12 horas (isso serve para que, quando levar ao forno, a massa cresça bem e forme uma bolinha tradicional da Madeleine). Pré-aqueça o forno. Unte as forminhas próprias para Madeleine com manteiga e farinha e coloque a massa.Um minuto antes de levá-las ao forno, coloque-o na temperatura de 200°C. Quando as Madeleines estiverem dentro do forno abaixe a temperatura para 180°C. Após 7/8 minutos, faça um furinho com o palito para saber se está cozido.

Na França, costuma-se servir a Madeleine com morango e sorbet de manjericão.

Crédito: Conexão Paris

Pêra Belle Hélène

Ainda na França, a Pêra Belle Hélène foi uma homenagem  à cantora Hortense Schneider, intérprete da ópera de Offenbach La Belle Hélène. A receita brinca com contrastes de quente e frio, crocância e cremosidade.

Ingredientes:

– 1 pêra Williams
– ¼ de fava de baunilha
– ½ xícara de açúcar
– Suco de ½ limão
– 1 xícara de água
– 50 g de chocolate meio-amargo
– 25 g de chocolate em pó
– ½ xícara de leite integral
– 1 bola de sorvete de creme

Modo de preparo:

Pêra
Em uma panela média, coloque a água com o suco de limão, o açúcar e a fava de baunilha.Leve a panela ao fogo e deixe ferver.Retire o centro da pêra e corte sua base para que ela possa ficar reta no prato.Coloque a fruta nessa água e leve ao fogo.Deixe ferver por aproximadamente 20 minutos. A pêra deve ficar cozida mas um pouco firme.

Calda
Pique o chocolate meio-amargo em pedaços bem finos.Ferva o leite com o chocolate em pó.Coloque o chocolate picado em uma tigela e ponha sobre ele a mistura de leite com chocolate. Espere três minutos e mexa até que a calda fique com a consistência desejada. Coloque a calda ainda quente em um prato, com a pêra por cima. Sirva a fruta com uma bola de sorvete de creme ao lado

Crédito: Paladar

Crepe Suzette

Outra sobremesa convencional na França, o Crepe Suzette destaca-se pelo banho em uma calda aromática de laranja e flambo em conhaque, licor grand Marnier ou Curaçao. Existem várias justificativas para o nome.. Uns acreditam que fora o rei Eduardo VII o responsável pelo nome. Outros creem que foi um descuido de um mâitre que preparava crepes e, sem querer, derramou bebida alcoólica na sobremesa para um grupo de clientes em um  restaurante na Costa Azul Francesa. A receita acidental teria sido aprovada pelo mâitre e batizada com o nome de Suzette que era uma das integrantes do  grupo.

Ingredientes:

– Casca de 1 laranja

– 1 colher (sopa) de manteiga

– 2 colheres (sopa) de açúcar

– 30 ml de conhaque

– 1 copo (tipo americano) de suco de laranja

– 3 panquecas finas (receita abaixo)

– 50 ml de licor Curaçao, Grand Marnier ou similar

Modo de preparo:

Numa frigideira em fogo médio coloque a casca de laranja e manteiga até que derreta (não deixe queimar). Acrescente açúcar e misture até formar um caramelo.

Retire a frigideira do fogo e coloque conhaque. Adicione suco de laranja e misture bem até ficar lisinho. Junte as panquecas abertas, sempre com o lado mais claro para cima e despeje licor. Mexa bem. Coloque os crepes num prato de servir junto com uma bola de sorvete de creme.

Panquecas:

– 1 copo (tipo americano) de farinha de trigo

– 1 copo (tipo americano) de leite

– 1 ovo

– 1 pitada de sal

Modo de preparo:

Num liquidificador bata farinha de trigo, leite, ovo e sal. Numa frigideira antiaderente, coloque um pouco de manteiga e uma concha da massa (quanto mais fina melhor). Deixe dourar, vire a panqueca e doure do outro lado. Retire da frigideira e reserve.

Crédito: Temperando…

Conhece outras receita com nomes femininos? Me diga! Até sábado!

Anúncios

4 thoughts on “Gastronomia: Mulheres nos pratos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s