Lingerie – Realce ou Mentira?

Seguindo o tema da semana, falo das lingeries. Abordo as que realçam as curvas até as que  acrescentam formas ao corpo feminino. Por sinal, essa segunda categoria costuma deixar os homens muitos indignados. É um pouco a sensação de  abrir um saco de batatinhas Ruffles e ver que tem muito menos recheio que a embalagem propõe.

Usar um sutiã com bojo, que realce o volume do seio, é uma boa para meninas que, como eu, tem uma “comissão de frente” pouco volumosa. Principalmente, quando usamos blusas justas porque nos livramos da aparência de tábua. Em contrapartida, acredito que não é só uma blusa justa que vai valorizar o busto. É muito honesto usar um sutiã com bojo ao invés de um com tecido mixuruca. Isso é muito diferente daquela mulher usa um sutiã que aumenta os seios de um tamanho 38 para 42 descaradamente. Gostaria que, as que se apoiam neste tipo de artifício, passassem pela experiência de tirar a cueca de um modelo da Calvin Klein e vissem uma meia esportiva ali dentro, pra entender melhor.

No caso de cintas para dar firmeza à cintura, considero inofensivas. Podem ser em certos casos um exagero tremendo, ou algo bem discreto. Eu nunca vi alguém usando aquelas bermudas/cintas milagrosas do Dr. Ray mas já vi coisas bem chamativas e estranhas que devem se aproximar muito do resultado. Uma vez, na faculdade, vi uma mulher bem cheinha. Um dia, no entanto, por algum milagre, ela vestiu uma cinta que deixou sua barriga e costas duras como pedra. E ainda usava um vestido bem leve e solto. Isso não combina, fica descaradamente desproporcional. Nada contra cintas, porém tudo tem limite. Todo artifício que salta à vista, chama atenção e perde de propósito de enfeitar, acaba deixando a pessoa muito caricata.

Outro meio, não tão antigo quanto sutiãs com reforços e bojos,  são as calcinhas com enchimento dos mais variados tipos e tamanhos. Isso sim não tem perdão. Eu sei que assim como não chamo muito a atenção de frente, tem aquelas sem protuberância atrás. Mas não entrem nessa moda, sério. Além de não serem tão bem projetadas para a anatomia do corpo, vale incluir os enchimentos nas versões vestidos  e calças, esse procedimento não se  “encaixa” nas formas de muita gente. Já presenciei situações que dariam vergonha alheia em qualquer uma que visse alguém usando isso. Não é discreto, não engana ninguém e é motivo de piada. Não me considero, nem de longe, dona da verdade, de modo algum.  Contudo, certas coisas, são praticamente inegáveis. Então, como mulher e colunista de moda (apesar de novata), jamais aconselharia alguém a usar isso.

Fora os exageros dos fabricantes, existem as lingeries que dão um up no visual, sem pesar ou sem fingir um corpo que não existe por debaixo dos panos literalmente. Nestas sim, todas devem apostar as fichas. Se joguem em modelos lisos para roupas justas, com rendas e bordados para roupas que não marcam tanto ou para uma “noite feliz”  e não simulem um corpo que não existe. Valorize-o, marcando e revitalizando, sem deixar de cuidá-lo e apreciá-lo.

One thought on “Lingerie – Realce ou Mentira?

  1. Só para corrigir um erro meu de digitação (sorry) “É muito honesto usar um sutiã com bojo ao invés de um com tecido mixuruca”. Eu queria ressaltar que esta parte defendia o bojo simples e que não é só porque sutiãs com enchimento exagerado não valham a pena, um reforço básico não faz mal a ninguém.

    Beijos

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s