Made in Japan

O post de hoje tem sabor de nostalgia, pois fala de uma época muito especial: a infância. Durante os anos 90, os japoneses fizeram a alegria dos baixinhos (inclusive a minha), com uma série de desenhos animados exibidos na televisão brasileira:

Esquadrão Relâmpago Changeman: formado por cinco integrantes do exército dos Defensores da Terra – Dragão, Grifo, Pégaso, Sereia e Fênix –, o Esquadrão Relâmpago Changeman protegia o planeta contra os alienígenas de Gôzma, liderado pelo maligno Senhor Bazoo. Sucesso no Japão, a série foi a primeira da franquia Super Sentais a ser exibida no Brasil pela extinta Rede Manchete, entre 1988 e 1994.

Jaspion: O fantástico Jaspion, título no Brasil, pertence à franquia dos Metal Heroes. Passou pela Rede Manchete no mesmo período em que os Changeman, migrando para a Rede Record em 1994. Na história, o jovem Jaspion protege o universo das forças do temível Satan Goss, do Império dos Monstros.

Comando Estelar Flashman: atração da Rede Manchete de 1989 a 1994, o seriado japonês narra o rapto de cinco crianças levadas aos confins do universo. Vinte anos depois, elas formam o Comando Estelar Flashman: Din (Red Flash), Dan (Green Flash), Go (Blue Flash), Sara (Yellow Flash) e Lu (Pink Flash). Juntos, os heróis lutam para impedir que o Monarca La Deus e o cientista Doutor Keflen invadam a Terra.

 Jiraya: lançada no Brasil sob o título Jiraya, o Incrível Ninja, no dia 25 de setembro de 1989, pela Rede Manchete, a série foi a primeira a explorar a tradição japonesa dos ninjas. Entre os Metal Heroes, Jiraya era o único que não tinha superpoderes.

Kamer Rider Black RX: Última a estrear na Rede Manchete, a série foi ao ar na televisão brasileira em 24 de julho de 1995. Acolhido pela família Sahara, Kame Rider Black sofre uma mutação ao entrar em contato com a energia solar e se transforma em Kamer Rider Black RX. Daí em diante, o herói passa a lutar contra a dominação do Império Crisis.

Cavaleiros do Zodíaco: sucesso mundial durante a década de 1990, a série acompanha a saga de jovens guerreiros guiados pelas constelações, protetores da deusa da sabedoria, da paz e da guerra. Assim como as demais, também estreou na Rede Manchete, em 1994. Um dos personagens favorito da garotada era o Cavalheiro Seya.

 Será que faltou alguma série na lista?

6 thoughts on “Made in Japan

  1. Nossa, quanta nostalgia!

    Eu era fãzona dos Cavaleiros e quando aprendi a correr já imitava o Jiraya, rs!

    Só recentemente fiquei sabendo que os Power Rangers eram na verdade “clones” dos Zyurangers, japoneses… e a gente nem desconfiava que idolatrava cópias!

    ;]

    • Oi Jéssica. Pois é, também curtia muito essas animações quando era criança. Só não sabia que os Power Rangers faziam parte de uma versão “pirata”…rs Obrigada por essa contribuição ao post. Bjs

  2. Pois é, Helo. Acho que você denunciou sua idade… rsrs
    Eu só conheço Cavaleiros do Zodíaco e senti falto dos Power Rangers. Só soube que eles são uma cópia dos Zyurangers com o comentário da Jéssica .😉

    • Valeu, Amanda…kkk Na verdade, assim como a Jéssica, na época dos Changeman, Flashman e Jiraya eu estava começando a aprender a andar. Então, não me lembro de muita coisa. Por outro lado, era viciada em Cavaleiros do Zodíaco e também no Kamen rider, cuja música de abertura até hoje eu sei. Ah, detalhe: a trilha sonora do kamen Rider atualmente está disponível como toque de celular….rsrs

  3. Pingback: Diversão nos anos 90 « 7 em 1

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s