Campanha política musical

A campanha já está nas ruas. E mesmo quem não se interessa diretamente por assuntos políticos, dificilmente consegue escapar dela.  Isso porque os candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereador têm recorrido ao apelo musical para chamar a atenção dos eleitores.

Muito embora o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) tenha proibido qualquer tipo de distribuição de brindes, tais como camisetas, bonés, chaveiros, canetas, porta-níqueis, entre outros; os carros de sons e trios elétricos podem circular livremente, desde que mantido a distância mínima de 200m de escolas, hospitais, igrejas, bibliotecas e teatros. Já os showmícios continuam proibidos.

No Brasil, entretanto, a estratégia de usar a música como recurso de campanha eleitoral é antiga. Foi nessa onda que muitos candidatos se tornaram popularmente conhecidos e conquistaram simpatia dos eleitores. Confira abaixo alguns jingles inesquecíveis pelo eleitorado:

Jânio Quadros – Varre, varre vassourinha (1959):

Luiz Inácio Lula da Silva – Lula lá – Brilha uma estrela (1989):

Fernando Collor – Colorir de novo (1989):  

Nas eleições municipais deste ano, os candidatos não fizeram por menos. De olho (e ouvidos) atentos às “canções” que são sucessos na mídia, o que não falta é político pegando carona nesse filão para tentar persuadir o eleitor:

José Serra – Eu quero Serra Já (2012):

Variados (2012):

Importante: O 7em1 faz questão de frisar que os vídeos são meramente ilustrativos e que não apoiamos nenhum candidato.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s