Gina e Pasquale – Está na Moda ser Fake

Se na natureza nada se cria, nada se perde; na internet quase tudo se transforma… em  plágio e perfis fakes.  E, nos últimos dias, a prática tem dado o que falar.

A história toda começou com a tal da Gina, aquela moça risonha que estampa as caixinhas de palito de dente. Embora já fosse conhecida, a fictícia garota-propaganda ganhou ainda mais visibilidade por conta de um falso perfil, o Gina Indelicada, criado no Facebook pelo estudante de publicidade Ricck Lopes.

Em pouco mais de uma semana, Gina Indelicada recebeu mais de 1,5 milhão de curtidas, respondeu as perguntas dos usuários e foi alvo de diversas reportagens, inclusive da Revista Forbes.  A empresa proprietária da marca obviamente não gostou: primeiro, ameaçou processar o estudante, depois, cogitou a possibilidade de uma parceria, já que o perfil fez e continua fazendo sucesso.

Porém, os dias de glória de Gina Indelicada estão ameaçados (ou não!) por ninguém menos do que a Gina, Kibadora Indelicada, outro fake criado com a pretensão de desmascarar sua predecessora. Contra Gina Indelicada pesam as acusações de copiar piadas de web, sem dar os devidos créditos. Para quem não entendeu ainda, a palavra “Kibadora” vem do termo “Kibar”, que designa plágio. Ricck Lopes se defendeu: disse que não sabia do ocorrido, pois as atualizações eram feitas por outro profissional.

Não obstante o caso da Gina, o Facebook continua sendo palco de mais polêmicas. Agora, envolvendo o professor de língua portuguesa, Pasquale Cipro Neto. Ele pediu para que saísse do ar a página “Professor Pasquale Boladão”,  desta vez criada por um estudante engenharia civil, cujo nome não foi revelado. Embora tenha conquistado mais de 55 mil fãs ao ironizar erros de português, o perfil não agradou ao professor, que ressaltou a importância de educar sem constranger as pessoas.

Com ou sem razão, de fato, nem todo mundo reage da mesma maneira quando se trata da própria reputação em jogo. No Twitter, por exemplo, há inúmeros casos de perfis falsos que provocaram a ira (além de processos judiciais) de personagens públicas e celebridades. Quem parece não se importar muito com o assunto é a presidente Dilma Rousseff . Mesmo após as eleições em 2010, a sátira @diImabr continua com elevado número de seguidores, sem críticas da presidente.

E você, o que acha?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s