Caixinha da Discórdia

Depois dos celulares, a onda dos funkeiros é usar as caixinhas de som portátil para espalhar o “batidão”. Com “alcinha” para facilitar o manuseio, além de amplificadores laterais, elas têm deixado muito gente enlouquecida – no bom e no mau sentido.

Mas, diferentemente dos “Djs dos transportes públicos”, como ficou conhecida a galera que dispensa os fones para ouvir música enquanto viaja, na maionese, os “funkeiros das caixinhas de som” gostam mesmo é de exibir o acessório andando pelas ruas.

E engana-se quem pensa que o hábito passa despercebido. Quer tratando-se de gente grande (Chamar de adulto é pedir demais!!), adolescente ou criança; a regra vale para todos: colocar o volume no máximo e deixar o TUM-TUM-TUM competir com o baruho dos carros. Realmente, é de pirar o cabeção!!!!

Agora, se as caixinhas de som AIIIIINDA não estão ameaçadas, o que não falta é quem queira a cabeça, ou as orelhas, dos “DJs dos transportes públicos” a prêmio. Em Campinas, a legislação municipal proíbe os usuários do transporte público de ouvir música sem o fone de ouvido. No Rio, a Assembleia Legislativa discute projeto de lei que prevê multa de R$1mil para passageiros e também empresas, onde a prática persista.

A insatisfação tomou conta inclusive das páginas da web. Confira alguns cartazes com protestos:

Que isso, hein?!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s