COLEÇÃO HITCHCOCK

alfredNeste fim de ano, a Universal do Brasil resolveu presentear os cinéfilos e apreciadores da sétima arte com o lançamento, em Blu-ray, da coleção Alfred Hitchcock: A Obra-Prima. O box contém os 14 filmes mais conhecidos e representativos da carreira do diretor, que viria a se tornar conhecido como “O Mestre do Suspense”.

 Estão na caixa os filmes: Sabotador (1942), A Sombra de Uma Dúvida (1943), Festim Diabólico (1948), Janela Indiscreta (1954), O Terceiro Tiro (1955), O Homem que Sabia Demais (1956), Um Corpo Que Cai (1958), Psicose (1960), Os Pássaros (1963), Marnie – Confissões de uma Ladra (1964), Cortina Rasgada (1966), Topázio (1969), Frenezi (1972) e Trama Macabra (1976). É a oportunidade perfeita para rever ou descobrir esses clássicos, agora mais bonitos do que nunca.

 Diz a lenda que Alfred Hitchcock (1899-1980) foi mandado à delegacia quando criança, pelo seu pai, para entregar um bilhete. Sem que ele soubesse, o bilhete continha instruções para prendê-lo. Quando o sargento o leu, prendeu o pequeno Alfred na cela por dez minutos. Ao ser liberado, o apavorado Hitch ouviu do policial: “isto é o que acontece com quem faz coisas más”. Esse incidente deixou marcas profundas na psique do futuro diretor. Daí para frente, ele passou a ter um medo pavoroso de policiais, de ser falsamente acusado e posteriormente preso.

Não à toa, o tema do “homem errado”, aquele que é perseguido e precisa provar sua inocência, é um dos mais presentes em sua obra. Hitchcock iniciou a carreira ainda no cinema mudo, desenhando títulos e letreiros. Em 1923, dirigiu seu primeiro filme. Logo, o jovem Hitch começou a se interessar pela construção das imagens e das situações, frequentemente envolvendo suspense ou tensão. Seu primeiro filme do gênero, The Lodger (1927), parcialmente inspirado pela história de Jack, o Estripador; foi sensação na época.

Os filmes de Hitchcock destacam-se pelos temas psicológicos e pelas narrativas envolventes. E ainda parecem modernos, pois o diretor realmente estava à frente de se tempo. Hitch fazia uso de efeitos visuais e a edição era sempre precisa. Tudo em seus filmes era concebido para criar o maior impacto sobre o espectador. Os sonhos e pesadelos do diretor tornaram-se momentos inesquecíveis da história do cinema. Ele inventou o filme de terror moderno com Psicose, criou obras de arte como A Sombra de Uma Dúvida e Um Corpo Que Cai e nos mostrou a razão de gostarmos de assistir filmes com Janela Indiscreta.

Grace Kelly em JANELA INDISCRETA

                                                               Grace Kelly em Janela Indiscreta

E há grandes astros para acompanhar o cinéfilo nessas jornadas cinematográficas: Joseph Cotten, James Stewart, Grace Kelly, Shirley MacLaine, Doris Day, Kim Novak, Anthony Perkins, Sean Connery, Paul Newman e Julie Andrews, entre outros. Obviamente, não se pode esquecer o humor muito especial de Hitchcock: afinal, para ele, até o assassinato podia ser engraçado.

Muito do que existe no cinema moderno vem de Hitchcock. Mais do que um mero diretor ou artesão, ele foi um dos responsáveis pela consolidação do cinema como forma narrativa. Foi um verdadeiro artista, e como se atesta por esse lançamento, suas obras de arte ainda continuarão vivas por um longo tempo. Fique com o momento assinatura de Hitchcock, a cena mais famosa da história do cinema: o assassinato no chuveiro, em Psicose. É um aperitivo macabro para esse box imperdível.

Ivanildo - assinatura PNG

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s