A Fuga do Telespectador

crianca-vendo-tv

Faz tempo que a televisão aberta não atrai o telespectador. Com raríssimas exceções, como a novela Avenida Brasil (Rede Globo), em 2012, os produtores suaram a camisa, sem muito sucesso, para prender a atenção do público.  Embora seja cedo para se falar em crise, avaliações do ibope revelam que a audiência dos canais abertos segue em queda.  Sobretudo no horário nobre, quando ocorre a maior migração dos telespectadores da TV aberta para a TV paga.

Atualmente, a audiência dos DVDs, da TV por assinatura e dos videogames já supera o ibope diário de todas as outras emissoras de TV aberta, à exceção da Rede Globo. O que não isentou a emissora de sofrer um revés – no último dia 21/12, o Jornal Nacional registrou a pior audiência nos últimos oito anos: 28,1 pontos de média no Ibope na Grande São Paulo.

Aliás, pode-se dizer que o ano passado foi o ano da experimentação. Encontro, com Fátima Bernardes, e Na moral, com Pedro Bial, ambos da Rede Globo; fizeram mais barulho do que qualquer outra coisa. O primeiro, com direito até gente dormindo na plateia. :O A Fazenda de Verão, reality da Rede Record, ainda não mostrou a que veio – especula-se que seja a primeira e última temporada. O SBT não conta, pois insiste na reprise dos dramalhões mexicanos.

Contrariando o baixo rendimento dos canais abertos, o Brasil fechou o último mês de novembro com mais de 15,9 milhões de domicílios com TV paga. Segundos dados divulgados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), tal crescimento representa uma evolução de 1,7% em relação a outubro de 2012 e 28,3% em relação a novembro de 2011. De acordo ainda com estimativas da Anatel, até novembro passado, os serviços de TV por assinatura estavam presentes em 26,9% dos domicílios no país. No Sudeste, o serviço chega em 38,2% dos domicílios.

Há pelo menos duas razões para a mudança de postura por parte do telespectador: a primeira delas é a tão falada ascensão da classe C. Ávidos por consumo, os emergentes já usufruem do aumento do poder de compra. A outra alteração fica por conta dos pacotes promocionais oferecidos pelas TVs por assinaturas, cujas ofertas chegam a R$49, portanto, mais acessíveis.

E você, anda vendo o quê?

Anúncios

One thought on “A Fuga do Telespectador

  1. Pingback: Especial Reality TV « 7 em 1

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s