Décadas Cinematográficas

Neste post, vou falar das décadas da moda retratada nos filmes. Aproveitando que o tema da semana é Oscar, começo pelo período de 1950 e vou até o ano 2000 mostrar  a mudança do vestuário.

1. A malvada e Janela Indiscreta

Dois filmes que assisti e gostei tanto da história como do figurino chamam-se A malvada (1950) e Janela Indiscreta (1954).  A malvada, com a talentosa Bette Davis, é a história de uma mulher que começa a trabalhar como secretária para uma grande estrela da Broadway e, anos mais tarde,  se torna uma também. Nesse filme, é impossível não babar nos vestidos de festa usados pelas protagonistas. O tomara que caia usado pela ex-secretária com franzidos na parte do tronco e a saia de tule (provavelmente o material) bem soltinha e caída. Outro destaque, é o vestido em que Bette Davis encarna Margo Channing, a estrela da Broadway. É lindo. Todo preto com mangas longas e ombro semilivre, marcado na cintura e com uma saia folgada e volumosa. Muito elegante.

Em  contrapartida, o filme Janela Indiscreta (dogênio Alfred Hitchcock) desenvolve-se no quarto do protagonista (James Stewart). Com a perna imobilizada, sua namorada (a belíssima Grace Kelly)  vai vê-lo periodicamente e, assim, os dois vão investigando um possível assassinato na vizinhança que ele acredita ter sido. A cada visita, Grace Kelly  desfila um modelito diferente indo de um vestido de gala azul escuro a uma simples “roupa de usar em casa”, fazendo um verdadeiro resumo da moda daquela época.

2. Bonequinha de luxo

Vou deixar toda a rebeldia dos jovens da época e me focar  na elegância do longa Bonequinha de Luxo (1961). Quem não associa moda e cinema quando se lembra do icônico vestido preto em que Audrey Hepburn abre o filme fazendo jus ao título original (Breakfast at Tiffany’s)?

3. Os embalos de sábado à noite

Nos anos 70,  não poderia deixar de mencionar Os embalos de sábado à noite (1977) e as calças boca de sino. É claro que é mais fácil lembrar da música do BeeGees do que das roupas utilizadas por Tony Manero, o pesonagem de John Travolta no longa. E também sei que mesmo fazendo um pouco de esforço, é difícil não pensar no emblemático terno branco. Mas considero este filme uma coletânea satisfatória de peças e combinações do vestuário masculino da época. E é bem mais pé no chão que os filmes que citei anteriormente pois retrata a moda das ruas saindo do luxo das festas de gala.

4. Três solteirões e um bebê

Os anos 80 são assustadoramente coloridos para as mulheres. Eu tenho pavor da moda desse período, no entanto, vou tentar se o mais justa possível. O filme escolhido  é Três solteirões e um bebê (1987), outro que retrata a moda masculina. Ainda que o visual seja parecido com o da década anterior, a diferença dá-se na folga das peças ao corpo. Foi assim até com as roupas sociais.

5. Edward Mãos de Tesoura

O filme  de 1990 é bastante estilizado graças a Tim Burton (quem disse que eu reclamo?). Se ignorarmos as cores claras e vivas da cenografia, reparamos que os personagens seguem a tendência da época mesmo, principalmente, a co-protagonista Winona Ryder, linda, talentosa e esquecida por Hollywood.

6. Crossroads – Amigas para sempre

Crossroads – Amigas para sempre (2002) é um  marco da moda adolescente. Apesar de não valer nada no quesito enredo, na minha opinião, o filme é uma “democratização da moda”. Cada personagem tem seu próprio estilo, inspirado nas tendências do momento, o que se estende com força total até hoje.

Você também acha que o cinema pode ser influenciado pela moda? Conte-me nos comentários.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s